Colápso de traquéia em cães

collapsedtrach

Você já deve ter ouvido alguém dizer que alguns cães podem apresentar colapso de traquéia, mas você não sabe o que é isso?

Hoje vamos entender um pouquinho sobre essa alteração…

A traquéia é um tubo que fica na região do pescoço por onde passa o ar formada por anéis de cartilagens. Em alguns animais esse tubo (traquéia) é mais frouxo/ flexível, fazendo com que ele se estreite e interfira na passagem do ar. Normalmente os sinais clínicos são: engasgos, mímicas de vômito, tosse não produtiva, dificuldade respiratória, cianose (língua roxa) e até mesmo desmaios. Essas alterações podem aparecer quando os animais ficam excitados / eufóricos,  expostos a fumaça ou pó ou até mesmo por conta de coleiras que apertam o local. O sobrepeso pode agravar o quadro de falta de ar.

Trata-se de uma alteração mais comum em raças de cães miniaturas como Yorkshire, Spitz Alemão, Maltês, etc. Não existem causas comprovadas dessa alteração. O diagnóstico pode ser feito através do exame físico na consulta de rotina com o médico veterinário ou radiografia.

Se o seu animal tem colapso de traqueia você já deve ter percebido que em crises eles automaticamente esticam o pescoço na tentativa de fazer a traqueia voltar a sua conformação natural e assim voltar o fluxo normal de ar. Se você quiser ajudar seu animalzinho, uma massagem na região do pescoço é bem-vinda.

O tratamento pode ser cirúrgico com a colocação de um stent porém esse procedimento não é muito comum. O que normalmente se faz é o tratamento com o uso contínuo de vitaminas a base de condroitina que acaba enrijecendo a cartilagem da traquéia e assim evitando o colabamento e consequentemente a falta de ar.

 

Dra. Ana Paula Mello

CRMV – 30682

 

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *